Anterior

Obras para reconstrução da AL-145 começam nesta segunda-feira (2)

02/10/2017

Anterior

Próxima

Grupamento Aéreo evita afogamentos e salva vida de gestante no interior

02/10/2017

Próxima
02/10/2017 - 11:03
'Estamos extirpando o câncer da região', diz prefeito Isnaldo ao fechar o lixão do Povoado Areia Branca
Por: Redação Sertão na Hora
 Foto: Jean Souza 

O prefeito de Santana do Ipanema, Isnaldo Bulhões, em ato simbólico, fechou de forma oficial o lixão do Povoado Areia Branca em solenidade ocorrida nesta sexta-feira (29) com as presenças da primeira-dama Renilde Bulhões, secretários municipais Jorge Santana (Agricultura) e Vera Araújo (Assistência Social), vereador Roberto Oliveira, diretor-presidente do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas, Gustavo Lopes, diretor da UNEAL Campus Santana do Ipanema Júnior Genuíno, além de outras autoridades e moradores da região.

O lixão representava um perigo tanto para os moradores que residem próximos quanto para os que moravam longe. Nas proximidades a fumaça oriunda das queimadas, causava danos irreparáveis ao meio ambiente e provocava doenças respiratórias nas pessoas em um raio de até 30km. A reclamação dos santanenses não se resumia na fumaça, os moradores reclamavam devido a proliferação de ratos, baratas e moscas nas comunidades, o que pode trazer doenças à população. Além disso, com as chuvas, os resíduos facilitavam o desenvolvimento de larvas de mosquitos vetores de doenças como a dengue. Já distante, em um raio de até 30km, a fumaça ainda apresentava perigo.

Durante a solenidade, Isnaldo Bulhões foi enfático ao afirmar que o lixão era tido como o câncer da região e falou em revitalizar o local:

“Estamos extirpando o câncer da nossa região que foi este lixão, em ato simbólico e de forma oficial. A Amazônia é tida como o pulmão do mundo e este lixão é tido como o câncer de Santana do Ipanema e região”, enfatizou o prefeito que ainda falou que vai revitalizar o local com um cinturão verde e não ia permitir que aquele povoado fosse o depósito de lixo de Santana do Ipanema.

O diretor-presidente do IMA, Gustavo Lopes, lembrou que o lixão era uma preocupação do prefeito Isnaldo Bulhões, que antes mesmo de assumir a prefeitura, procurou o IMA para discutir sobre o fechamento. Gustavo Lopes falou da alegria em saber que a partir de 2017, Santana do Ipanema passou a destinar os resíduos sólidos adequadamente para o aterro sanitário em Olho d’Água das Flores. “Fico feliz e parabenizo o prefeito pela ação, o IMA está a disposição do amigo prefeito Isnaldo”.

Com o fechamento, Santana do Ipanema passou a fazer parte dos 35 municípios alagoanos que fecharam o lixão. Na imagem abaixo, mostramos o lixão antes e depois:






Link:




Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.