Anterior

CRB e Brasil de Pelotas ficaram no empate por 1 a 1

04/06/2018

Anterior

Próxima

Arquivo Público promove Chá de Memória sobre

04/06/2018

Próxima
04/06/2018 - 10:31
Aeronave do Samu Alagoas atende vítimas de colisão automobilística no interior

Colisão entre dois carros deixou cinco pessoas feridas na AL-105
Por: Texto de João Victor Barroso
 Foto: Samu Aeromédico 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência em Alagoas foi acionado neste sábado (2) após uma colisão envolvendo dois carros entre as cidades de Matriz de Camaragibe e Porto Calvo, Litoral Norte do Estado. Para essa ocorrência foram liberadas cinco viaturas do Samu.

Os carros de passeio colidiram de frente e deixaram cinco vítimas. Pelo número de feridos foram acionados as Unidades de Suporte Básico (USB) dos municípios de São Luíz do Quitunde, Maragogi e Porto Calvo, além do Falcão 05, helicóptero do serviço Aeromédico do Samu Alagoas, e o Falcão 03, da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), e o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL).

De acordo com Kesley Garcia, médico do Samu Aeromédico, as cinco vítimas foram atendidas pela equipe das USBs e triadas para analisar a gravidade de cada paciente e a necessidade do transporte terrestre ou aéreo. Os cinco pacientes foram encaminhados para o Hospital Geral do Estado, dois em aeronaves e três nas ambulâncias.

“Três pacientes estavam presos às ferragens. A equipe do CBMAL retiraram as vítimas, e analisamos o quadro de cada uma. As que vieram por terra apresentavam múltiplas fraturas, com lesão no fêmur, braço e na face. Os pacientes trazidos pelos helicópteros estavam em estado gravíssimo com traumas abdominais fechados”, relatou o médico.

Os pacientes encaminhados para o HGE duas pessoas estão no centro cirúrgico, uma deu entrada em óbito e duas em atendimento e estável.

Resgate de vítimas de acidente em São Luiz do Quitunde (Foto: Samu aeromédico)






Link:




Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.