Anterior

Receita libera consulta a primeiro lote de restituição do IR 2018

08/06/2018

Anterior

Próxima

Moradia Legal entrega mais de 400 títulos de propriedade em Delmiro

09/06/2018

Próxima
09/06/2018 - 11:12
MPF reúne-se com promotores eleitorais com foco nas eleições de 2018 em Alagoas

Procuradora regional Eleitoral destaca a participação e parceria com promotores eleitorais para garantir a produção de provas mais robustas para subsidiar as ações a serem ajuizadas no TRE/AL
Por: Ascom
 Foto: Ascom 

O Ministério Público Federal (MPF) promoveu reunião de trabalho com cerca de 30 promotores eleitorais com atuação em diversos municípios alagoanos, na manhã desta sexta-feira (8), no auditório da sede do MPF em Maceió. O objetivo foi traçar as primeiras estratégias e promover o alinhamento dos atores envolvidos no processo para as Eleições de 2018.

A reunião foi conduzida pela procuradora regional Eleitoral Raquel Teixeira e contou com a participação procuradora regional Eleitoral substituta Aldirla Albuquerque, da delegada federal Fabíola Prado e da assessora de comunicação do MPF Candice Almeida.

Dentre os pontos abordados em sua fala, a procuradora destacou as inovações da minirreforma eleitoral e a importância do trabalho em parceria com as forças policiais, especialmente, na fase de investigação para uma produção de provas mais robustas para subsidiar as ações que serão ajuizadas pelo Ministério Público Eleitoral em Alagoas.

“Estamos realizando reuniões de trabalho como estas afim de alinhar as diretrizes e melhorar o trânsito de informações entre os mais diversos atores envolvidos no processo de acompanhamento e fiscalização das eleições”, frisou Raquel Teixeira.

Fabíola Prado, delegada da polícia federal, ressaltou a importância da troca direta e rápida de informações com os promotores eleitorais, a fim de garantir uma atuação mais célere na fase de investigação dos crimes eleitorais, preservando assim provas que possam ser destruídas pelo distanciamento temporal.

A assessora de comunicação do MPF, Candice Almeida, além de informar sobre os canais de comunicação do MPF com o cidadão para recebimento de denúncias e representações de crimes eleitorais, também esclareceu sobre as estratégias de combate às notícias falsas veiculadas nas redes sociais contra o processo eleitoral que estão sendo articuladas pelas assessorias de comunicação dos órgãos envolvidos diretamente com o processo eleitoral.  






Link:




Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.