Anterior

Casal trabalha para regularizar abastecimento de cidades do Sertão

27/06/2018

Anterior

Próxima

Isnaldo Bulhões inaugura ampliação da Escola Sônia Pereira na zona rural de Santana

27/06/2018

Próxima
27/06/2018 - 12:10
Polícia Civil intensifica ações no combate ao crime organizado em Alagoas

Em dois meses foram cumpridos 45 mandados de prisão e de busca e apreensão
Por: Texto de Larissa Wilson
 Foto: Ilustração/Agência Alagoas 

Com a finalidade de combater o crime organizado em Alagoas, a Polícia Civil, por meio da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), intensificou as ações nos últimos meses contra uma facção criminosa que atuava em várias regiões do Estado praticando de diversos tipos crime.

O trabalho de investigação, coordenado pelo delegado Mário Jorge Barros, contou com o apoio da 17ª Vara Criminal da Capital, e resultou no cumprimentos de 45 mandados de prisões e 16 de busca e apreensão, entre os meses de maio e junho deste ano.

Mário Jorge destacou o amplo trabalho desempenhado pelas equipes da Deic. Foram deflagradas diversas operações na Capital e nas cidades de Viçosa, Coruripe, Atalaia, Marechal Deodoro e União dos Palmares, resultando na prisão de sete envolvidos na organização criminosa.

Além desses acusados, os policiais civis identificaram que parte dos integrantes da organização criminosa se encontrava presa, respondendo por outros delitos. Assim, também foi realizado um trabalho no sistema prisional para o cumprimento dos 30 mandados de prisão.

No início do mês de junho, mais uma megaoperação foi desencadeada pelas equipes da Deic para localizar e prender membros dessa organização criminosa que estavam atuando no complexo Benedito Bentes na parte alta da capital, praticando crimes de diversos tipos, sendo o carro-chefe o tráfico de drogas.

"Várias incursões foram realizadas nos conjuntos Carminha e Parque das Américas, o que tomou dias de muita investigação e total emprego dos policiais civis. A ação resultou na prisão de oito acusados", informou o delegado Mário Jorge.

O delegado ressaltou ainda que os trabalhos continuam, no sentido de que as organizações criminosas sejam combatidas, identificadas e presas.






Link:




Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.