Anterior

7º BPM prende servente de obras dirigindo embriagado em Santana do Ipanema

17/09/2018

Anterior

Próxima

Aeroporto de Maceió completa 13 anos de operações

17/09/2018

Próxima
17/09/2018 - 16:33
Bolsa Família começa a ser pago nesta segunda-feira (17)

A quantia que cada beneficiário recebe varia conforme o número de pessoas na família, a idade de cada um e a renda declarada
Por: MDS
 Foto: Rafael Zart/ MDS 

As famílias beneficiárias do programa Bolsa Família começam a receber o pagamento de setembro a partir desta segunda-feira (17). O repasse é realizado de acordo com o Número de Inscrição Social (NIS) impresso no cartão. Aqueles que terminam com final 1 podem sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia e assim por diante. Os recursos ficam disponíveis para saque por um período de três meses.

O Bolsa Família é voltado para as famílias inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e que têm renda mensal por pessoa de até R$ 89, além daquelas com renda familiar mensal de até R$ 178 por pessoa e que tenham integrantes gestantes, crianças ou adolescentes. A quantia que cada beneficiário recebe varia conforme o número de pessoas na família, a idade de cada um e a renda declarada.

Segundo o diretor do Cadastro Único do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Luís Henrique Paiva, os dados dos beneficiários devem estar sempre em dia. “Manter as informações do Cadastro Único atualizadas é importante para que possamos entrar em contato com as famílias e que as políticas públicas saibam onde as famílias se encontram. Qualquer alteração significativa como alteração de endereço, mudança de escola dos filhos ou na renda, informe ao Cadastro Único”, esclarece o diretor.

Além disso, ao se inscreverem no programa Bolsa Família, os beneficiários assumem compromissos nas áreas de Educação e Saúde. Com isso, as famílias se comprometem a realizar o pré-natal, a levar as crianças para vacinar e fazer com que a frequência escolar delas seja de 85% até os 15 anos de idade, e de 75% até os 17 anos.

Saiba Mais

Para fazer o registro no Cadastro Único, o responsável pela família deve procurar um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) ou um posto de atendimento do Bolsa Família no município. É necessário levar documentos de identificação pessoal, como RG, carteira de identidade, carteira de motorista e certidão de nascimento de todas as pessoas que vivem na residência.

Informações sobre os programas do MDS:






Link:




Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.