Anterior

FPI interdita laticínio clandestino em Palestina

16/11/2018

Anterior

Próxima

Estado de Alagoas consegue redução em R$ 1 bilhão na dívida com a União

16/11/2018

Próxima
16/11/2018 - 11:00
Governo amplia rede estadual de ensino com construção de seis novas escolas, duas no Sertão

Vice-governador visitou obra em Marechal; Campo Alegre, Delmiro Gouveia, Senador Rui Palmeira e Rio Largo também vão receber unidades
Por: Texto de Ana Carolina Lima e Fabiana de Mutiis
 Foto: José Demétrio, André Palmeira e Fabiana de Mutiis 

O Governo de Alagoas trabalha na ampliação da rede estadual de ensino com a construção de seis novas escolas nos municípios de Marechal Deodoro, Campo Alegre, Delmiro Gouveia, Senador Rui Palmeira e Rio Largo – este último contemplado com duas novas unidades.

As obras mais avançadas, no povoado de Massagueira, em Marechal Deodoro, receberam a visita do governador em exercício, Luciano Barbosa, durante o feriado da Proclamação da República, na última quinta-feira (15), quando a sede do Governo do Estado foi transferida para o município.

Acompanhado pelo prefeito Cláudio Filho Cacau, Barbosa vistoriou as obras da escola que contará com 12 salas, ginásio e campo de futebol society. “Aqui teremos uma escola de 12 salas, construída no sistema de alvenaria e com toda a estrutura para funcionar na modalidade de ensino integral, caso assim queira a população deodorense. E que vai atender a um município em constante crescimento”, adiantou Barbosa.

Reforma e construção de novas escolas e quadras de esportes terão continuidade na próxima gestão (Fotos: José Demétrio, André Palmeira e Fabiana de Mutiis)

Na ocasião, o governador destacou que as reformas das escolas estaduais e a construção de novas quadras de esportes terão continuidade na próxima gestão. “Já reformamos mais de 150 unidades e a nossa meta é recuperar as demais. Também já construímos mais de 50 ginásios e estamos licitando outros”, informou.

Obras avançadas

Após três meses da assinatura da ordem de serviço pela secretária de Estado da Educação, Laura Souza, a construção da nova escola da rede estadual de Marechal Deodoro está em ritmo avançado. A fundação está concluída, dois dos quatro blocos principais estão de pé e a laje já começa a aparecer.

“Precisamos ampliar a oferta da educação básica e as escolas precisam estar próximas das comunidades. Essa é uma vontade do governador Renan Filho e uma necessidade para não deixarmos crianças e adolescentes sem estudar por conta da distância. Mesmo com os municípios e o Estado ofertando transporte, sabemos das dificuldades”, afirma a secretária Laura.

Em Massagueira, atualmente, os estudantes precisam se deslocar para outros bairros de Marechal Deodoro e também para a cidade de Maceió para estudar. O pescador José Paulino, morador da região há seis anos, presencia da sua casa a edificação tomar forma. Pai de três crianças em idade escolar, ele acredita que a construção é extremamente benéfica para o bairro.

Reforma e construção de novas escolas e quadras de esportes terão continuidade na próxima gestão (Fotos: José Demétrio, André Palmeira e Fabiana de Mutiis)

“Meus filhos têm 7, 12 e 14 anos. Todos têm que ir pra outro bairro pra poder estudar. Ver que teremos uma escola em nosso bairro nos deixa muito feliz. É bom para toda a comunidade que mora aqui”, enfatiza.

Geração de emprego

As obras também geram empregos, só na construção da escola de Massagueira são 45 trabalhadores, sendo que 41 são da própria região.

Além de aumentar a abrangência do ensino básico oferecido pela rede estadual, a construção deu oportunidade de emprego aos moradores da região. Alexandre da Silva foi um dos moradores contratados para trabalhar na obra. Até então, ele estava desempregado e dependia de trabalhos temporários. Ele comemora a estabilidade que adquiriu com o contrato da obra.

Reforma e construção de novas escolas e quadras de esportes terão continuidade na próxima gestão (Fotos: José Demétrio, André Palmeira e Fabiana de Mutiis)

“Antes eu dependia de um valor incerto por mês, as contas chegavam e eu não sabia se poderia pagar todas. Hoje em dia já sei quanto e quando vou receber, posso me organizar financeiramente e dar uma vida melhor para minha família. Além disso, quando a escola estiver pronta, quero matricular meus filhos aqui, para estudarem perto de casa”, afirma.






Link:




Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.