Anterior

Veículos de Alagoas têm até essa semana para conseguir redução no IPVA

11/12/2018

Anterior

Próxima

Educação amplia oferta de ensino fundamental integral em Piranhas

11/12/2018

Próxima
11/12/2018 - 15:12
Semudh entrega cadeiras de rodas especiais a 12 atletas do basquete alagoano

Equipamentos foram custeados pela Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos, com recursos próprios
Por: Texto de Bruno Levy e Ana Cristina Sampaio
 Foto: Bruno Levy  

Incluir a pessoa com deficiência por meio do esporte é uma das principais formas de cidadania e da elevação da autoestima do paratleta. Com esse foco, a Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh) realizou, nesta segunda-feira (10), a entrega de 12 cadeiras de rodas especiais para jogadores da equipe de basquete do Serviço Social da Indústria (Sesi).

A entrega foi resultado de solicitação do Sesi à Semudh por meio de um convênio de doação firmado entre as partes. As cadeiras foram adquiridas com recursos próprios, num total de R$ 62,4 mil. Os atletas do Sesi treinam para competições regionais, nacionais e internacionais.

De acordo com a secretária da Semudh, Maria José da Silva, o comprometimento de toda a equipe fez a diferença para viabilizar a parceria, buscando dar celeridade ao processo para conseguir fazer a doação ainda em 2018.

“É o compromisso com a pessoa com deficiência e com os direitos humanos. Isso dá visibilidade, autoestima e autonomia aos nossos atletas. São pessoas com capacidade e talento para praticar esporte, são fortes e guerreiros o suficiente para vencer os obstáculos. É o trabalho do governo Renan Filho”, disse.

Para o treinador Pablo Lucini, que está há dez anos com a equipe, nada vale mais do que o sentimento dos jogadores quando receberam as cadeiras de rodas esportivas. “Ficamos muito felizes em finalizar o ano com essa entrega. Agradeço à secretária Maria José por sempre nos receber e em se comprometer com a causa”, relatou Pablo.

Time de basquete experimentou as novas cadeiras (Bruno Levy)

Esporte da inclusão

Na opinião do paratleta e presidente da Associação de Portadores de Necessidades Especiais de Mundaú, Cícero Carlos da Silva, que atua há nove anos na equipe de basquete, o esporte é o diferencial na vida da pessoa com deficiência. “O esporte, além de nos incluir na sociedade, também nos proporciona a experiência de participar de competições em nível nacional e local, conhecer novas pessoas, novas culturas. Agora sinto que podemos competir de igual para igual”, disse.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), José Carlos Lyra de Andrade, afirmou a importância da doação, lembrando que houve épocas em que o Sesi fez a doação de cadeiras de rodas. “Hoje chegou a vez de nós recebermos esses equipamentos que vão se somar a uma estrutura grande que o Sesi tem para atender ao Programa Sesi de Pessoas com Deficiência, coordenado pelo treinador Pablo Luccini, uma pessoa comprometida com os atletas. Agradeço ao Governo do Estado e à secretária Maria José da Silva pela parceria, com a certeza que teremos mais oportunidades de trabalharmos em conjunto”, disse.

Time de basquete experimentou as novas cadeiras (Bruno Levy)

Compromisso

“O compromisso da Semudh fez com que, em tão pouco tempo, conseguíssemos viabilizar todos os processos e tramitá-los da forma correta para chegarmos a este momento. O Governo do Estado compreendeu a importância de dar uma melhor condição para esses atletas”, afirmou o superintendente da Semudh, Gino César Meneses. “Acredito que trará bons frutos, e que outras pessoas que possuem algum tipo de deficiência e que não praticam nenhum esporte vão perceber o quanto isso é importante, que é uma forma de inclusão”.

Participaram da entrega das cadeiras o secretário executivo de Gestão Interna da Semudh, Joaquim Brito, o presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Jorge Porto, a deputada federal Rosinha Cavalcante, o coordenador do Programa Vida Saudável do Sesi, Eduardo Andrade, e o superintendente executivo do Sesi, Carlos Alberto Pacheco Paes.

Atletas da equipe de basquete em cadeiras de rodas do Sesi/Alagoas têm entre 13 e 45 anos. Quem estiver interessado em conhecer o trabalho, os treinos são abertos ao público e acontecem no ginásio do Sesi, no bairro Cambona, às segundas e quintas-feiras, das 15h às 17h, e aos sábados, das 10h ao meio-dia.






Link:




Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.