Anterior

Feira de adoção de cães e gatos acontece neste domingo, em Arapiraca

13/12/2018

Anterior

Próxima

Prefeitura promove Audiência Pública para discutir Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil

15/12/2018

Próxima
14/12/2018 - 11:00
Mais de 70 mil servidores do Estado recebem o 13º salário nesta sexta-feira (14)

Pagamento já foi realizado, beneficiando funcionários públicos ativos, inativos e pensionistas e deve injetar no comércio alagoano R$ 300 milhões
Por: Texto de Ascom Sefaz
 Foto: Ascom Sefaz 

O anúncio da liberação do 13º salário foi feito pelo próprio governador Renan Filho, durante a abertura do II Encontro do Tesouro Estadual, que acontece na manhã desta sexta-feira, no Centro cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió. “O 13º salário já está na conta de todos os servidores ativos, aposentados e pensionistas. É mais uma conquista. Este é o quarto ano de nosso Governo em que nós garantimos todos os salários em dia, em um momento em que o Brasil vive uma grande crise. Alagoas dá exemplo ao país, e aqui a gente garante o direito do servidor. Tenham um bom Natal. Que esse salário possa ajudar na sua vida e na vida da sua família”, afirmou Renan Filho.

O governador Renan Filho ressaltou os esforços do Governo de Alagoas em manter em dia seus compromissos financeiros a partir do ajuste de contas iniciado ainda em 2015. “A antecipação do 13º salário demonstra a organização, prioridade, demonstra que o Estsdo, em meio a essa crise brutal que vive o Brasil, garante salários em dia e garante investimentos em áreas prioritárias quecvêm mudando a cara de Alagoas. É pra isso que a gente segue nos esforçando: para garantir a continuidade dos investimentos prioritários, das contas em ordem e nós vamos ter que trabalhar duro nos próximos anos para que Alagoas siga alcançando seus objetivos”, afirmou.

Pago em uma única parcela, o 13º salário dos servidores do Estado de Alagoas está disponível nesta sexta-feira (14). Recebem o abono natalino cerca de 70 mil funcionários públicos ativos, inativos e pensionistas de todas as faixas salariais.

De acordo com dados da Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz-AL), o pagamento do 13º em 2018 injeta no mercado alagoano R$ 300 milhões, o que deve impulsionar as vendas no comércio e o desenvolvimento da economia local.

O anúncio da liberação do 13º salário foi feito pelo próprio governador Renan Filho, durante a abertura do II Encontro do Tesouro Estadual, que acontece na manhã desta sexta-feira, no Centro cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió.

“O 13º salário já está na conta de todos os servidores ativos, aposentados e pensonistas. É mais uma conquista. Este é o quarto ano de nosso Governo em que nós garantimos todos os salários em dia, em um momento em que o Brasil vive uma grande crise. Alagoas dá exemplo ao país, e aqui a gente garante o direito do servidor. Tenham um bom Natal. Que esse salário possa ajudar na sua vida e na vida da sua família”, afirmou Renan Filho.

Com as contas ajustadas, Alagoas é um dos poucos estados do país a disponibilizar antecipadamente o abono aos servidores, visto que a data proposta para os estados era 20 de dezembro.

O feito foi repetido também durante a gestão de 2017. No cenário nacional, enquanto muitos já atrasavam os pagamentos desde 2015, Alagoas era um dos poucos entes federados que estava conseguindo manter em dia a folha salarial. O governador Renan Filho ressaltou os esforços do Governo de Alagoas em manter em dia seus compromissos financeiros a partir do ajuste de contas iniciado ainda em 2015.

“A antecipação do 13º salário demonstra a organização, prioridade, demonstra que o Estado, em meio a essa crise brutal que vive o Brasil, garante salários em dia e garante investimentos em áreas prioritárias quecvêm mudando a cara de Alagoas. É pra isso que a gente segue nos esforçando: para garantir a continuidade dos investimentos prioritários, das contas em ordem e nós vamos ter que trabalhar duro nos próximos anos para que Alagoas siga alcançando seus objetivos”, afirmou o governador.

Entre os dias 30 de novembro e 14 de dezembro, cerca de R$ 600 milhões do Tesouro Estadual são inseridos na economia de Alagoas, período que compreende o pagamento dos salários da primeira e segunda faixa do funcionalismo estadual, além do 13º salário.






Link:




Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.