Anterior

Famílias inscritas no Bolsa Família têm até 90 dias para sacar o benefício

04/01/2019

Anterior

Próxima

Petrobras reduz pelo 2º dia seguido preço da gasolina nas refinarias

04/01/2019

Próxima
04/01/2019 - 11:32
Detran/AL realiza 540 ações relacionadas à Lei Seca em 2018

Atividades incluem abordagens de fiscalização e atividades educativas na capital e interior do Estado
Por: Texto de Lays Peixoto
 Foto: Lays Peixoto 

Em 2018, a Operação Lei Seca deu um salto qualitativo sem precedentes. Um balanço feito pelo Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL), mostra que as ações foram intensificadas no decorrer do ano e trouxeram resultados significativos no trânsito em todo o Estado, contribuindo com a mudança de comportamento da população alagoana, inibindo a prática da mistura de álcool e direção.

De acordo com dados fornecidos pela coordenação da Lei Seca, no ano de 2018 foram realizadas 540 ações entre abordagens de fiscalização e atividades educativas em universidades, bares, hospitais, escolas, Centros de Formação de Condutores (CFC’s), entre outras instituições públicas e privadas da capital e do interior de Alagoas.

Ao todo, foram registradas 5.759 infrações de trânsito por diversas irregularidades, 33.325 pessoas foram submetidas ao teste do etilômetro e 31.538 veículos foram abordados e os seus condutores revistados.

Ações contribuíram com a mudança de comportamento da população alagoana (Fotos: Lays Peixoto)

Durante o período, o órgão recolheu 1.037 Carteiras Nacional de Habilitação (CNH’s), removeu 69 veículos para o pátio da autarquia e Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans), constatou 1.033 situações de alcoolemia e tirou de circulação 1.194 pessoas inabilitadas que foram abordadas conduzindo veículo.

Fazendo um comparativo com o ano de 2017, pode-se destacar uma redução de 41,5% no número de recusas ao teste de alcoolemia, uma queda de 30% no número de medidas administrativas registradas e redução de 10,9% em flagrantes efetuados por teste.

O coordenador da operação Lei Seca em Alagoas, tenente Emanuel Costa, ressalta que a intenção da operação é alertar as pessoas para a mudança de comportamento através de atitudes seguras sem arriscar a vida do próximo.

Ações contribuíram com a mudança de comportamento da população alagoana (Fotos: Lays Peixoto)

“Mantivemos a fiscalização em um patamar maior, mas intensificamos também o trabalho com palestras esclarecendo as principais dúvidas e alertando os condutores sobre a importância do comportamento seguro no trânsito. É gratificante quando chegamos em Arapiraca, por exemplo, e não efetuamos a prisão de ninguém e, às vezes, sem registrar nenhuma situação de alcoolemia”, salienta Emanuel.

“Posso dizer que 2018 foi um ano muito bom para nós, tivemos uma redução fantástica no número de pessoas flagradas sob a influência de álcool e isso é fruto de um trabalho duro, um trabalho sério e essa é grande missão do Detran/AL e do Governo do Estado”, comemora coordenador.

Para novo diretor-presidente do Detran/AL, Adrualdo Catão, a expectativa para o ano de 2019 é dar continuidade aos trabalhos já realizados pela equipe que conduz a operação e atuar cada vez mais em prol da preservação de vidas.

“A ideia é manter a continuidade dos trabalhos. A Lei Seca já representa um grande avanço e o que nós podemos fazer para avançar ainda mais na operação é focar nas ações educativas e preventivas, inclusive na própria abordagem, como já foi feito agora no final do ano com a operação realizada de forma volante, de forma dispersa, percorrendo vários pontos da cidade”, reforça o presidente da autarquia.






Link:




Deixe seu comentário



Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.